O pão da Páscoa grego, também conhecido como Tsoureki, é uma iguaria tradicionalmente consumida durante as celebrações da Páscoa na Grécia. É um pão doce e macio, com uma textura ligeiramente pegajosa, aromatizado com especiarias e adornado com ovos tingidos de vermelho. A forma do pão é geralmente trançada, representando a trindade cristã, e é um símbolo importante da celebração da ressurreição de Cristo

Ingredientes

  • 180g Farinha
  • 227g de água, morna
  • 4 1/2 colheres de chá de levedura instantânea
  • 57g de manteiga sem sal, fria
  • 300g a 420g Farinha
  • 99g de açúcar granulado
  • 14g Leite em pó
  • 6g de sal
  • 3/4 colher de chá de mahlep moído (ou extrato de amêndoa)
  • 1/2 colher de chá de cristais de mastiga ou semente de anis, moída até se transformar num pó
  • raspa (casca ralada) de 1 laranja
  • 3 ovos grandes, 2 para a massa, 1 para passar por cima do pão antes de cozer
  • 3 a 5 ovos cozidos, tingidos de vermelho (opcional)
  • 1 colher de sopa de óleo de canola, para escovar os ovos cozidos (opcional)
  • mel para pincelar (opcional)

Preparação

  1. Pese a farinha ou meça-a com cuidado, enchendo uma chávena com a farinha e alisando-a com uma colher. Misture os ingredientes da massa mãe numa tigela grande e deixe descansar à temperatura ambiente durante 1 hora, até que a mistura dobre de tamanho e fique com bolhas de ar.
  2. Enquanto a massa mãe repousa, prepare a massa. Derreta a manteiga e deixe arrefecer. Numa tigela pequena, misture 1 chávena de farinha com açúcar, leite em pó, sal e especiarias.
  3. Adicione 2 ovos a massa mãe. Misture a manteiga derretida e arrefecida. Adicione o extrato de amêndoa ou raspa de laranja, se utilizar. Adicione a mistura de farinha e mexa até estar tudo incorporado. Adiciona de 1 1/2 a 2 1/2 chávenas de farinha aos poucos até obter uma massa firme, mas ainda um pouco pegajosa.
  4. Amasse a massa – à mão, com uma batedeira ou na máquina de fazer pão – até que ela volte à sua forma quando pressionada com um dedo enfarinhado. Coloque a massa numa tigela untada com um pouco de óleo, cubra com película aderente e deixe no frigorífico durante 8 a 12 horas, ou durante a noite.
  5. Na manhã seguinte, retire a massa do frigorífico e amasse-a suavemente algumas vezes para libertar o ar. Unte generosamente uma forma redonda de 22cm ou forre um tabuleiro com papel vegetal. Divida a massa em três partes e reserve-as, cobertas com película aderente untada.
  6. Se estiver a usar ovos tingidos, esfregue cada um com um guardanapo embebido em óleo vegetal e reserve.
  7. Faça três cordões de 16″ com a massa; prenda as pontas juntas numa extremidade. Faça uma trança de 10cm a 12cm e coloque um ovo na trança. Continue a fazer a trança, colocando outro ovo na trança a cada 5cm. Pode fazer uma trança mais comprida e fina com cinco ovos, em forma de coroa e colocá-la na forma redonda; ou uma trança mais curta, grossa e reta, utilizando três ovos.
  8. Cubra a forma com película aderente untada e deixe a massa crescer à temperatura ambiente durante 2 a 2 1/2 horas. Durante os últimos 45 minutos da subida, pré-aqueça o forno a 180°C.
  9. Para cozer o pão: bata ligeiramente o ovo restante. Pincele-o sobre o pão. Se estiver a cozer um pão redondo, pressione o último ovo cozido com firmeza no centro do pão crescido e coloque a forma num tabuleiro.
  10. Asse o pão durante 20 minutos. Abra a porta do forno e empurre cuidadosamente cada ovo mais para baixo no pão.
  11. Continue a assar o pão durante mais 40 a 50 minutos ou até que a temperatura interna atinja 87°C. Cubra o pão com papel de alumínio durante os últimos 30 minutos, para não queimar o topo.
  12. Por fim tira o pão do forno e põe este de pernas para o ar por cima de uma grelha para arrefecer, isso vai ajudar ao pão não abater, após ficar frio e antes de servir podes também pincelar com um pouco de mel quente só para ficar mais brilhante, bom proveito!

Discover more from Livro de Culinária

Subscribe to get the latest posts to your email.