As filhoses da Beira Baixa são um doce tradicional de Natal feito na Beira Baixa do Douro em Portugal.

São doces espalmados, redondos e feitos de massa frita, normalmente guarnecidos com canela em pó e açúcar, mas também podes cobrir com chocolate, gláce ou qualquer outra cobertura como um donut.

Ingredientes

  • ½ l de azeite
  • 11 ovos caseiros
  • 1 colher de sopa rasa de sal grosso
  • ¾ de chávena de açúcar granulado*
  • Fermento de padeiro para ± 2 kg de farinha
  • ¾ de chávena de sumo de laranja
  • 1 colher de chá de aguardente pura
  • ± 2 kg de farinha de trigo (usámos 1750 g)
  • Óleo vegetal q.b.
  • Açúcar e canela em pó para polvilhar q.b.

Preparação

  1. Colocar o fermento de padeiro numa taça com um pouco de água quente e deixar dissolver.
  2. Levar ao lume o azeite para aquecer.
  3. Partir os ovos para um alguidar grande e bater com uma batedeira. Quando ficar uma mistura homogénea juntar pela seguinte ordem: açúcar, azeite (deve ser deitado devagar para não cozer os ovos), fermento dissolvido e 1kg de farinha. Devem ser adicionados aos poucos e com um intervalo entre cada um para que fique bem batido. Depois da farinha, a massa fica com uma consistência mais espessa e então bate-se manualmente, formando uma concha com a mão.
  4. Numa toalha colocar um pouco de farinha e por cima a massa preparada. Continuar a sovar e acrescentar farinha até deixar de colar às mãos (usámos mais 750 g).
  5. Depois de bem amassada, fazer uma bola com uma cruz no topo (vincada pela mão) e tapar com a toalha. Colocar novamente no alguidar, tapar com uma manta e deixar repousar num local quente.
  6. A massa está levedada quando duplicou de tamanho e a cruz estiver desfeita. Esta não pode arrefecer!
  7. Numa panela deitar o óleo e levar ao lume. [Quem ficar encarregue de as tender, deve sentar-se e colocar um pano sobre o colo.] Pegar numa pequena quantidade da massa e fazer uma bola, espalmar e esticar bem até ficar um disco (nós gostamos delas finas por isso têm de ficar bem esticadas). Colocar sobre o joelho, esticar as pontas para que fique presa e com a faca fazer dois cortes paralelos ao centro. Fritar em óleo bem quente, escorrer em papel absorvente e polvilhar com açúcar e canela em pó. Repetir até acabar a massa.
  8. Para além de as polvilhar, costumo pôr mel… ai tanto doce junto. Também só as como uma vez por ano, é para aproveitar eheh.

* Se no final polvilhar com açúcar; ou então 500 g para que fiquem doces, mas assim demora mais a levedar.