Ao selecionar um tipo de azeite para cozinhar ou assar, é importante considerar o perfil de sabor e o ponto de fumo do azeite. O azeite virgem extra, feito a partir da primeira prensagem a frio das azeitonas, tem um sabor e aroma complexo que pode realçar o sabor de saladas, vegetais e pão. É melhor consumido cru, regado em pratos como azeite de acabamento, ou utilizado na preparação de doces e sobremesas onde as suas notas frutadas e florais podem brilhar. O azeite virgem, feito a partir da segunda prensagem das azeitonas, tem um sabor mais suave do que o virgem extra e um ponto de fumo ligeiramente mais elevado. É ideal para fazer pratos de carne e peixe, para criar molhos, e para fazer maionese.

Discover more from Livro de Culinária

Subscribe to get the latest posts to your email.