Ingredientes

  • Cerca de 1 litro de caldo;
  • 1 colher de sopa de azeite;
  • 2 cebolas médias;
  • 2 dentes de alho, picados finamente;
  • Arroz risotto;
  • 100 mL de vinho branco seco;
  • 3 nozes de manteiga;
  • Queijo parmesão acabado de ralar q.b.
  • brócolos q.b.
  • galinha q.b.

Preparação

  1. Cozer a galinha e os brócolos (individualmente) e guardar os caldos.
  2. Aquecer o caldo. Noutra caçarola, aquecer o azeite, juntar as cebolas picadas e saltear durante cerca de 3 min. Juntar o alho e, passados 2 min, quando tudo estiver amolecido, juntar o arroz. Aumentar o lume. Nesta altura crucial não pode deixar a caçarola, é a parte mais interessante.
  3. Enquanto se mexe o arroz lenta, mas continuamente, ele começa a fritar. Nesta altura ainda não deve ganhar cor. Tem de se manter o arroz em movimento. Passados 2 ou 3 min, começará a ficar translucido, enquanto absorve todos os sabores da base (pode crepitar, não faz mal). Juntar o vinho, continuando a mexer enquanto ele cai na caçarola.
  4. Quando o vinho parecer entranhado no arroz, juntar a primeira colherada de caldo quente (alternei com caldo de galinha e de brócolos). Diminuir o lume para médio/alto (não deve ferver intensamente porque se o fizer, o exterior do arroz ficará cozinhado e fofo e o interior cru).
  5. Continuar a juntar colheradas de caldo, mexendo e deixando cada colherada ser absorvida antes de juntar a seguinte. Demorará cerca de 15 min. Provar o arroz, está cozido? Continuar a juntar o caldo até o arroz estar macio, mas com alguma consistência. Verificar os temperos (sal).
  6. Retirar do lume e juntar, os brócolos, a galinha aos bocados, a manteiga e o queijo parmesão ralado. Mexer ligeiramente. Aquecer o mais depressa possível, enquanto ainda tem uma textura húmida. Servir com o tomate cherry cortado aos gomos e polvilhado com queijo parmesão ralado.